sexta-feira, 8 de junho de 2007

Recaída ao início da tarde

Y qué haremos con este amor que aún nos queda;
el que es necesario enterrar, com humor y coraje?
El dolor, según dicen, pasa pronto;
la vida, em cambio, habrá de concedernos la impossibilidad
de más daños, dulce daños.

(Juan Gustavo Cobo)

3 comentários:

Sonia disse...

Silvinha, amiga, não fica assim não. Faz alguma coisa par não pensar. Música alta, tv alta.
Oh, essas dores são foda.
Um beijo, amiga.

clamazonas disse...

(...) Algumas palavras duras,

em voz mansa, te golpearam.

Nunca, nunca cicatrizam.

Mas, e o humour?

A injustiça não se resolve.

À sombra do mundo errado

murmuraste um protesto tímido.

Mas virão outros. (...)
Carlos Drummond de Andrade

clamazonas disse...

é assim mesmo... mtas recaidas virão... e mtas deixarão d vir ou aos menos serão mais rápidas ou menos dolorosas ou sei lá o q... dane-se, num sei d nada, só sei q num sei...ou será q sei??? ixe!!!