terça-feira, 6 de maio de 2008

Meu Deus, por que não há sono pra mim?

Rezo para o Cristo iluminado que eu vejo da janela me ninar. Preciso fechar os olhos um pouco e não consigo. Fiz três horas e meia de ginástica e só sinto os músculos chiando. Não há cansaço que me leve para a cama. Pelo amor dos santos, paz e bem para mim. Paz e bem para todos os próximos. E mais ainda para os distantes, que eu não posso abraçar quando quero ou quando eles sentem alguma dor de repente.

Um comentário:

Felipe Fajardo disse...

Eu dispenso os beijos flamenguistas hehe...
Pois é o problema é que em dia de jogo eu viro um austrolapteco rsrs

Quanto ao sono digo o mesmo...tô aqui que é uma pilha só!
bjão!