terça-feira, 27 de maio de 2008

Grande Sertão: Veredas

"Que o que gasta, vai gastando o diabo de dentro da gente, aos pouquinhos, é o razováel sofrer. E a alegria de amor - compadre meu Quelemém diz."

Um comentário:

EDUARDO disse...

gostei da realidade transmitida por estas palavras! um beijo terno amiga


paradoxos