quinta-feira, 29 de maio de 2008

Cântico dos Cânticos (Salomão)

"Beije-me ele com os beijos da sua boca; porque melhor é o teu amor do que o vinho."

8 comentários:

EDUARDO disse...

Pois aqui fica o aroma do meu beijo pra ti :-)

gostei... Estimada amiga!

Ana Silvia Mineiro disse...

Coisas do sentido. Coisas da imaginação.
Beijo perfumado para você também.

Oliver Pickwick disse...

Assino em baixo.
Os versos dos Cânticos dos Cânticos realmente são muito bonitos.
Um beijo!

Anônimo disse...

Bom dia Vivência!!!
Estou passando rápido. Estou com a panela no fogo, preparando uma galinhada, bem goiana.
Não sou cristão, mas... costume dizer aos meus amigos que o são: lê corinthios I cap.13, e, se em alguma dessas leituras, sair lágrimas dos seus olhos, você terá se tornado um verdadeiro cristo.
Obs.Continuo achando que meus recados se destonam do seu blog...

Ana Silvia Mineiro disse...

Para o visitante goiano, a Carta de Paulo aos Coríntios:
1 Se eu tivesse o dom de falar em outras línguas sem tê-las aprendido, e se pudesse falar em qualquer idioma que há em toda a terra e no céu e no entanto não amasse os outros, eu estaria só fazendo barulho. 2 Se eu tivesse o dom de profetizar, e conhecesse tudo sobre o que vai acontecer no futuro, soubesse tudo sobre todas as coisas, e contudo não amasse os outros, que bem faria isso? Mesmo que eu tivesse o dom da fé, a ponto de poder falar a uma montanha e fazê-la sair do lugar, ainda assim eu não valeria absolutamente nada sem amor. 3 Se eu desse aos pobres tudo quanto tenho e fosse queimado vivo por pregar o Evangelho, e contudo não amasse os outros, isso não teria valor algum. 4 O amor é muito paciente e bondoso, nunca é invejoso ou ciumento, 5 nunca é presunçoso nem orgulhoso, nunca é arrogante, nem egoísta, nem tampouco rude. O amor não exige que se faça o que ele quer. Não é irritadiço, nem melindroso. Não guarda rancor e dificilmente notará o mal que os outros lhe fazem. 6 Nunca está satisfeito com a injustiça, mas se alegra quando a verdade triunfa. 7 Se você amar alguém, será leal para com ele, custe o que custar. Sempre acreditará nele, sempre se manterá em sua defesa. 8 Todos os dons e poderes especiais que vêm de Deus terminarão um dia, porém o amor continuará para sempre. Algum dia a profecia, o falar em línguas desconhecidas e a sabedoria especial - os dons desaparecerão. 9 Porquanto agora sabemos muito pouco, mesmo com nossos dons especiais; e a pregação dos mais dotados é ainda muito imperfeita. 10 Entretanto, quando tivermos sido feitos completos e aperfeiçoados, então cessará a necessidade desses dons especiais e insuficientes, e eles desaparecerão. 11 É como neste caso: Quando eu era criança, falava e raciocinava como criança. Mas quando me tornei homem, meus pensamentos se desenvolveram muito além dos pensamentos da minha infância, e agora eu deixei as coisas de criança. 12 De igual modo, agora só podemos ver e compreender um pouquinho a respeito de Deus, como se estivéssemos observando Seu reflexo num espelho muito ruim; mas o dia chegará quando O veremos integralmente, face a face. Tudo quanto sei agora é obscuro e confuso, mas depois verei tudo com clareza, tão claramente como Deus está vendo agora mesmo no interior do meu coração. 13 Há três coisas que perduram - a fé, a esperança e o amor - e a maior destas é o amor.

Renata Maria Parreira Cordeiro disse...

EStá precisando de válvulas de escape?
Se gosta de literatura, principalmente poesia, e cinema, resenhas de filmes, vá ao meu blog:
wwwrenatacordeiro.blogspot.com/
não há ponto de pois de www
Um abraço,
Renata

Anônimo disse...

Oh! Vivência!!!
Obrigado por me fazer...
Quando o intelecto se manifetou no homem, e viu toda sua potencialidade, se encheu de orgulho e de vaidade por se julgar onipotente, mas, aquelas mesmas potencialidades gerou-lhe tanto sofrimento que teve que se apoiar e recorrer ao amor.
Obs. Desculpe-me se meus comentários destoam de seu blog.
Boa, noite, Vivência!

BANDEIRAS disse...

Querida amiga,

Muito bom o blog, parece-me ter um vídeo do Blad Runner, não acessei devido a conexão da firma ser baixa, em casa faço com certeza, adoro aquela cena, se é a que imagino, é esperar para ver.
Volto mais vezes
bjs